Bruxismo & Briquismo


Bruxismo é uma desordem funcional caracterizada pelo ato de ranger ou apertar dos dentes durante o sono. Quando o problema se manifesta durante o dia, recebe o nome de briquismo.

Esta atividade é realizada pelos músculos da mastigação e pode trazer diversas consequências para a pessoa como: problemas ósseos, desgastes e amolecimentos dentários, distúrbios da articulação temporomandibular (ATM), dor muscular, entre outros.

As causas são desconhecidas, mas possivelmente a disfunção está relacionada a fatores genéticos, situações de estresse, tensão, ansiedade, problemas físicos de oclusão ou fechamento inadequado da boca.





Sintomas


  • Ranger ou apertar os dentes: às vezes tão alto que pode despertar uma pessoa que estiver dormindo ao lado;

  • Dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos;

  • Esmalte dental desgastado, expondo camadas mais profundas do dente;

  • Aumento da sensibilidade dentária;

  • Dor na face;

  • Dor na mandíbula


Diagnóstico


O profissional dentista fará uma avaliação clínica detalhada e irá observar: desgaste dentário, fratura de restauração ou de dente, língua marcada pelos dentes e/ou linha branca na parte interna da bochecha, entre outras coisas. Além disso, o bruxismo noturno pode estar relacionado com problemas do sono como a apneia obstrutiva do sono e pode apresentar desgastes dentários ainda mais severos.

Apesar de não ter cura, é possível controlar o problema através de algum dos tratamentos indicados por um especialista.

Tratamento

O controle do bruxismo depende do grau de seriedade e deve ser feito em conjunto entre dentistas, médicos e psicólogos.

Mais do que buscar métodos para aliviar os sintomas, o importante é identificar o que está causando o problema. O cansaço físico, pressões de trabalho ou ansiedade por algum acontecimento importante são fatores que podem contribuir para o desenvolvimento do bruxismo.

A terapia mais empregada atualmente para o alívio dos sinais e sintomas da articulação temporomandibular associada ao bruxismo é a utilização de placa interoclusal*. Essas placas reduzem a atividade dos músculos durante a noite e protegem os dentes dos desgastes provocados pelo hábito.

Outro passo importante é diminuir a tensão psicológica. Isto pode ser feito mediante a prática de esportes e exercícios de relaxamento. Já os distúrbios psiquiátricos como depressão e ansiedade devem ser avaliados por um médico especialista que irá verificar a necessidade ou não do uso de medicamentos.

* é uma placa de resina acrílica ou silicone feita sob medida para cada pessoa, que se encaixa entre as arcadas dentárias. O objetivo deste aparelho é controlar as forças que agem no sistema mastigatório, promover alívio dos sintomas de Disfunção Temporomandibular (DTM) e proteger os dentes da atuação de cargas traumáticas adversas provenientes de hábitos parafuncionais.



Se você sofre com bruxismo, lembre-se:

  • Consulte o dentista com regularidade;

  • Evite apertar os dentes quando estiver empenhado em uma tarefa ou situação mais complicada;

  • Procure não mascar chicletes ou morder sistematicamente objetos duros, como pontas de lápis e canetas, por exemplo;

  • Faça exercícios. A prática regular de atividade física ajuda a controlar o estresse e as crises de ansiedade que podem favorecer o apertar dos dentes;

  • Não se esqueça de colocar a placa interoclusal antes de dormir. Se o problema se manifestar também de dia, use-a sempre que possível.

Se você tem os sintomas de bruxismo, procure um dentista. Ele avaliará sua situação e indicar o tratamento mais apropriado para você, contribuindo para sua saúde bucal e melhora da sua qualidade de vida.



Você sabia?


  1. A palavra bruxismo é um composto erudito formado a partir do grego brúkhein “ranger os dentes” mais o sufixo -ism, é usada para indicar a “ação de ranger os dentes durante o sono”.

  2. O bruxismo pode atingir qualquer pessoa, não tendo relação direta com a faixa etária. A incidência é maior nas mulheres que nos homens no caso do bruxismo diurno, e de incidência igual entre os gêneros no caso do bruxismo noturno.

  3. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o bruxismo atinge cerca de 30% da população mundial. No Brasil, os dados oficiais apontam que 40% dos brasileiros sofrem com isso.

  4. O esmalte dental é a parte mais dura do corpo humano.

  5. Produzimos em média 378 litros de saliva durante a vida.


#expandmedico #saude #bruxismo #placainteroclusal #briquismo

5 visualizações

Expand Médico Ltda

Av. Wladimir Meirelles Ferreira, 1585. Sala 15. Jardim Botânico. Ribeirão Preto. SP

atendimento@expandmedico.com.br

Telefone: (16) 2111-9777 / 99316-2490