Shampoo: como escolher o certo para você? Como os astronautas lavam os cabelos?

Atualizado: Jun 25


Quem nunca ficou na dúvida de qual shampoo escolher na hora de comprar?

Acredito que todos, ou pelo menos a grande maioria das pessoas. Isso porque tem uma variedade enorme de marcas, tipos, funcionalidades e tamanhos.


E se você for fazer uma viagem para o espaço? Já pensou em como lavaria seu cabelo lá?


Mas tem algo que nem todo mundo sabe: não basta escolher entre as versões para cabelos secos, oleosos, coloridos ou danificados, é preciso que você entenda as diferenças dos tipos de shampoo.

Leia o artigo abaixo e descubra qual shampoo certo para você e qual você teria que levar para o espaço.




Do que é feito o Shampoo?


O shampoo é feito geralmente pela combinação de surfactante (são compostos que atuam como detergentes) e água que compõe cerca de 80% do volume do frasco. Outros ingredientes são: sal (usado para ajustar a viscosidade), espessante (para deixar o shampoo com aspecto denso e cremoso), conservante e fragrância. Outros ingredientes são adicionados para dar uma espuma mais agradável, para facilitar o enxague, para não irritar a pele e os olhos, para reparar algum dano no cabelo e assim por diante.



Quais os tipos mais comuns de shampoos?




  • Transparente

São caracterizados por proporcionar limpeza profunda da raiz até as pontas, removendo resíduos de outros produtos, como shampoos secos, leave-ins, sprays e tudo aquilo que a gente aplica nos fios.

Embora sejam ótimos para cabelos oleosos, que exigem lavagens mais frequentes, é recomendável o uso apenas uma vez por semana, enquanto os outros tipos de cabelos podem usar quinzenalmente, alternando com outro tipo de shampoo, já que os ativos do produto e o pH alcalino podem ressecar os fios se usados muitas vezes. Quem tem cabelos com as pontas mais secas, é indicado aplicar apenas na raiz.

  • Leitoso / Cremoso

Com agentes condicionantes em sua fórmula e alta capacidade hidratante, esse tipo de shampoo tem consistência mais densa. Por este motivo, devem ser evitados por quem tem fios oleosos ou muito finos. São indicados para os cabelos ressecados ou com química.

Dentro desta categoria, o tipo mais conhecido é o shampoo desamarelador, utilizado uma vez por semana pelas mulheres que tingem o cabelo de loiro para deixar a cor viva por mais tempo.

  • Perolado

Este é recomendado para todos os tipos de cabelo e pode ser usado diariamente. Eles limpam os fios, mas a ação de limpeza é mais suave do que os transparentes, pois tem ação hidratante. Quem tem os fios ressecados, pode usar este shampoo sem medo.

A fórmula translúcida tem ação de tratamento, pois reúne a hidratação dos shampoos leitosos com a limpeza diária.



Existem diferença entre shampoo Detox e Anti-resíduos?

Sim, veja abaixo.


Anti-resíduos: é um shampoo de limpeza profunda, com agentes surfactantes fortes e geralmente com pH alto para abrir bem as cutículas dos fios.

É muito utilizado antes de procedimentos químicos, como progressivas por exemplo, e também antes de tratamentos capilares, como cauterizações, reconstruções e por aí vai, já que ele limpa muito mais e “abre” as cutículas, o que maximiza o efeito dos tratamentos, já que com as cutículas abertas o cabelo tende a absorver mais os ativos ali depositados.

Acontece que ele também tende a remover a oleosidade natural do couro cabeludo, ressecar e deixar os fios sem brilho, e não é indicado, exceto os específicos e mais suaves, para quem tem cabelos coloridos e/ou quimicamente tratados, já que pode desbotar a cor do cabelo e reduzir o efeito da progressiva.

Detox: este tipo de shampoo faz uma desintoxicação capilar, proporcionando uma limpeza profunda que garante o brilho, cabelos soltos e com movimento, sem aparência pesada. Aumenta a oxigenação do couro cabeludo, higienizando e eliminando as impurezas e cosméticos acumuladas nos fios (como spray, cera, mousse, leave-in, silicone, etc). É excelente para o controle da oleosidade.

Por isso, se você tem cabelo muito seco, poroso ou quebradiço, deve prestar atenção às informações do fabricante para a frequência na utilização que deve ser mais cuidadosa. Para quem sofre com caspas é uma boa alternativa de tratamento.

Na dúvida sobre qual é o melhor para o seu tipo de cabelo ou com que frequência intercalar mais de um tipo, consulte um profissional da área.


Você sabia?


  1. Shampoos sem sulfato são compostos de ingredientes naturais e isentos de lauril sulfato de sódio. O objetivo desses sulfatos é criar um efeito de espuma para remover o óleo e a sujeira dos cabelos. Se o seu shampoo faz espuma facilmente no chuveiro, há uma boa chance de que ele contenha sulfatos. Shampoos sem sulfato produzem pouca ou nenhuma espuma.

  2. Após um banho de mar e piscina, é bom lavar o cabelo com um shampoo Detox, pois ele ajuda a eliminar o sal e o cloro que ressecam os fios.

  3. Shampoo vem do termo 'champo', da língua híndi, que significa massagear, pressionar, amassar, acalmar. Ao longo dos tempos, ele começou a ser associado a massagens no couro cabeludo.

  4. Os astronautas, que vivem num ambiente alheio à força da gravidade, não conseguem lavar os cabelos normalmente com água. Por isso, eles usam uma fórmula de shampoo sem enxágue, que originalmente foi desenvolvida para pacientes de hospital que não podem tomar banho.




#expandmedico #saude #cabelos #fios #shampoo #shampoodetox #shampooantirresiduos #shampootransparente #shampooperolado #shampooleitoso

34 visualizações

Expand Médico Ltda

Av. Wladimir Meirelles Ferreira, 1585. Sala 15. Jardim Botânico. Ribeirão Preto. SP

atendimento@expandmedico.com.br

Telefone: (16) 2111-9777 / 99316-2490